Refluxo Gastroesofágico

O refluxo gastroesofágico define-se como a passagem do conteúdo gástrico para o esôfago. Quando o ácido extravasa do estômago e toca a parede do esôfago, ele causa uma sensação de queimação no tórax ou garganta, denominada azia. O gosto do líquido pode até ser sentido na parte de trás da boca e é chamado de indigestão ácida. Se a azia ocorrer mais que duas vezes na semana pode ser considerado Refluxo Gastroesofágico, segundo a Federação Brasileira de Gastroenterologia.

O papel da nutrição é tentar minimizar a dor e a irritação através da alimentação. Alguns alimentos podem agravar o quadro do refluxo, pois podem causar dor e irritação se o esôfago estiver inflamado, como frutas cítricas ou o suco delas, além de alimentos como tomate, refrigerantes, pimenta do reino.

Também é importante evitar alimentos que aumentem ou estimulem a secreção gástrica, como, bebidas alcoólicas, café, refeições ricas em gorduras, chocolates, molho vermelho a base de tomate, alimentos que contenham hortelã ou menta.

Algumas medidas também devem ser tomadas para melhorar o refluxo, como, fazer refeições em pequenas quantidades, evitar comer nas 2 horas antes de deitar para dormir, não fumar, evitar roupas apertadas e atividades que aumentem a pressão intra-abdominal após as refeições. Alimentos gelados ou quentes de mais também não são desejáveis.

A mistura de alimentos sólidos e líquidos na mesma refeição pode não ser interessante para o portador do RGW.

O chá de alecrim, quando consumido em temperatura ambiente, ajuda a melhorar a azia.

A retirada de glúten e lactose da dieta para reduzir o refluxo deve ser avaliada pelo nutricionista considerando o caso do cliente portador. Alimentos cozidos costumam ser mais interessantes que os crus. Um exemplo disso é a salada. Frutas sem cascas e sem bagaço são mais bem aceitas.

E lembre-se: sempre mastigar bem os alimentos e não ficar muitas horas sem comer traz benefícios para a sua saúde.

A Nutrício possui programas nutricionais específicos para controle do refluxo gastroesofágico. Trabalhamos também com o planejamento de refeições e criação de cardápios familiares (serviço de Personal Health disponível para todo o Brasil). Encontre o nutricionista mais próximo de você pesquisando em nossa Rede Credenciada de Nutricionistas.

Por: Thaís Ferreira Machado - Estagiária de Nutrição da Nutrício
Colaboração: Mariana Braga Neves - nutricionista da Nutrício