O Ovo

Hora de desmistificar um assunto polêmico: o OVO! Antigamente se falava muito que comer muito ovo aumentava-se o perfil lipídico: o colesterol "ruim", mas hoje já se sabe que isso é um mito.

A gema do ovo

  • Contêm gorduras do bem: a monoinsaturada e ômega 3 que aumenta as taxas de HDL (o bom colesterol);
  • Contêm vários nutrientes como a vitamina A, prevenindo doenças oculares, do complexo B, E, K, D, Zinco, Ferro e Selênio; são antioxidantes e previnem e combatem ao envelhecimento precoce das células;
  • Contêm colina, um nutriente essencial para a saúde do cérebro, ativando a memória.

A clara do ovo

  • Possui Leucina, um aminoácido essencial que ajuda a manter a massa magra;
  • Albumina, proteína de alto valor biológico, sua absorção aumenta cerca de 3 vezes mais quando ingerida junto a gema;

"O ovo é também uma excelente fonte de triptofano, aminoácido precursor da serotonina, substância que está associada à sensação de bem-estar".

Comer ovo no café da manhã (cozido) é capaz de reduzir os níveis de ansiedade e aumentar a saciedade. Mas tem um pesar, esse ovo deve ser caipira ou orgânico tá pessoal? Nada de comer aqueles ovos de granja.... Coitadinhas daquelas galinhas que ficam submetidas a luz 24 horas, alterando todo seu metabolismo, e que ao botar seu ovo já é levado por uma esteira para se ter um banho artificial de óleo... Vocês conseguem imaginar o nível de estresse presente nesses ovos?? Reflitam... Ovo A Nutrício possui programas nutricionais específicos para uma alimentação balanceada e saudável. Trabalhamos também com o planejamento de refeições e criação de cardápios familiares (serviço de Personal Health disponível para todo o Brasil). Encontre o nutricionista mais próximo de você pesquisando em nossa Rede Credenciada de Nutricionistas.

Por: Camila Ávila - Nutricionista da Rede Nutrício de Atendimento

Leia também A Importância do Ovo na Alimentação »