Dicas Para Que Seu Filho Não Fique Obeso

No Brasil o numero de crianças obesas tem aumentado, o que as coloca em um risco crescente para doenças crônicas, como hipertensão arterial, diabetes, doenças cardíacas e outras, devido à alimentação desequilibrada e inadequada.

Mas como fazer para mudar os hábitos alimentares das crianças para que elas não se tornem obesas no futuro? Veja os 7 passos abaixo:

  • O primeiro passo é mudar os hábitos alimentares de toda família, os pais tem que servir de exemplo para seus filhos. O ideal seria comprar alimentos saudáveis para o consumo de toda a família como frutas, legumes, pães, biscoitos sem recheio, leite e derivados, ao invés de salgadinhos, balas, ou alimentos com pouco teor de fibras, alto teor de gordura e alto valor calórico. Mas é claro que esta mudança tem que ser aos poucos, permitindo que a criança coma algum alimento diferente no fim de semana, como por exemplo um pedaço de pizza;
  • Faça planos para que a maioria das refeições sejam feitas em família. Organize os horários das refeições ( café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia). O ideal é fazer estas 6 refeições por dia;
  • Deixe o seu filho ajudar a preparar os alimentos. Faça com que o ato de cozinhar seja divertido e interessante;
  • Tente mudar as preparações dos alimentos, tornando sua aparência mais atraente, seja criativo durante as preparações. Uma forma muito eficaz de estimulara criança a almoçar e jantar é fazer um prato com formas divertidas, misturando as cores dos alimentos, fazendo por exemplo o rostinho de um boneco com o arroz, o cabelinho com a couve, o olhinho com a cenoura, com a beterraba o narizinho, o feijão pode ser a boquinha e o bife a orelhinha. Assim a criança se diverte e come tudo;
  • Não dê dinheiro todos os dias para que a criança compre merenda na escola, estimule-o a levar a merenda de casa, pelo menos 3 vezes na semana;
  • Programe atividade física para toda a família. Se você não puder fazer isso matricule seu filho em atividades que ele seja interessado, ou mesmo em casa, estimule seu filho a se movimentar. A atividade física é um fator super importante para o controle da obesidade.
  • Nunca diga que seu filho está de dieta e sim que está fazendo algumas mudanças na alimentação para torna-la saudável. Incentive-o a reeducar sua alimentação.

No final das contas o que vale não é fazer a reeducação alimentar só da criança mas da família toda, a alimentação saudável é importante em todas as idades e previne muitas doenças. Nunca é tarde para cuidar de você, da sua família e da sua alimentação.

A Nutrício possui programas nutricionais específicos para a crianças. Trabalhamos também com o planejamento de refeições e criação de cardápios familiares (serviço de Personal Health disponível para todo o Brasil). Encontre o nutricionista mais próximo de você pesquisando em nossa Rede Credenciada de Nutricionistas.

Consulte também a entrevista Obesidade Infantil: O Que Fazer? »