Fitoterapia: Saiba Mais Sobre os Fitoterápicos

O sucesso dos tratamentos naturais é indiscutível. A fitoterapia, opção terapêutica que previne e trata enfermidades por meio de ativos presentes nas plantas, tem ganhado cada vez mais forma e adeptos. Para falar mais sobre o assunto, convidamos a Bioquímica Janete Grippa*, da Farmácia Debonne, em Belo Horizonte.

Quais são os principais problemas que podem ser amenizados com a fitoterapia?

Sua utilização é muito vasta, podemos citar como exemplo compulsão por doces, mau funcionamento intestinal, metabolismo lento. Hoje temos uma gama muito grande de plantas com estudos comprovando efeitos como diminuição da absorção de carboidratos ou gordura dos alimentos, melhora do funcionamento intestinal, redução do apetite, etc.

O fitoterápico é usado tanto para prevenir doenças como para auxiliar no tratamento das mesmas?

Sim, temos alguns já bem conhecidos como o Chá Verde e Chá Branco que agem como excelentes anti-oxidantes e assim previnem uma série de doenças e outros que auxiliam em tratamentos como a Ginkgo Biloba pra a labirintite e perda de memória.

Existem fitoterápicos que ajudam a emagrecer? Quais são? Podemos dizer que um fitoterápicoé um "medicamento natural para emagrecer" ("remédio natural para emagrecer")?

Sim, auxiliam, fazendo parte de todo um programa (avaliação nutricional, atividade física, etc), pois de nada adiantaria tomar o fitoterápico isoladamente sem mudar nada no estilo de vida. A pessoa poderia até emagrecer, mas a tendência seria ganhar os kilos novamente depois de um tempo que parasse de tomar a medicação. Não é porque é fitoterápico que será isento de efeitos colaterais ou contra-indicações, daí a importância de fazer uso somente com orientação de um profissional capacitado (nutricionista/médico) para avaliar e sugerir a melhor opção para cada pessoa. Dentre os vários fitoterápicos ligados ao emagrecimento podemos citar: pholiamagra, caseolamina, faseolamina, caraluma.

É realmente importante que o uso da fitoterapia para o emagrecimento seja avaliada pelo nutricionista e que o cliente faça simultaneamente uma reeducação alimentar?

sim, como mencionado acima, um profissional é que avaliará a melhor alternativa para cada pessoa e em conjunto com outras orientações para que tenhamos uma redução de peso de maneira saudável e definitiva.

Existem fitoterápicos que aumentam a disposição, o desempenho e a vitalidade? Quais são?

Sim, os mais usados são o Panax Ginseng, a Rhodiola Rosea e a Ginkgo Biloba, todos na forma de extrato seco padronizado.

Quais fitoterápicos auxiliam na prevenção do câncer, no controle do diabetes e ajudam a evitar o envelhecimento precoce?

Os fitoterápicos com propriedades anti-oxidantes como o extrato seco de uva (rico em resveratrol), o extrato de romã (Pomegranate) e o extrato seco de Chá verde ou branco, ajudam no combate aos radicais livres que são causadores de muitas doenças e do envelhecimento precoce. A Garcinia e a gimnema auxiliam a estabilizar a glicemia no sangue, podendo ser úteis nos casos de diabetes.

*Janete Grippa é Farmacêutica Bioquímica e Industrial pela UFMG, Especialista em Manipulação Magistral pela ANFARMAG, Professora de Pós-Graduação da Universidade Castelo Branco e Diretora Técnica da Farmácia Debonne, farmácia em Belo Horizonte que disponibilidade diversos fitoterápicos.