Diabetes na Gestação: Tratamento, Dieta e Alimentação

A gravidez é um período no qual a mulher deve ter um maior cuidado e atenção e manter hábitos de vida saudáveis. A futura mamãe deve fazer um acompanhamento com seu médico e uma nutricionista com a finalidade de conhecer os alimentos que deve evitar, quais nutrientes deve ter mais atenção e para monitorar o ganho de peso mensal. Dietas mal elaboradas podem interferir no desenvolvimento do feto e prejudicar a saúde da gestante.

O diabetes gestacional é um transtorno que pode acometer gestantes, especialmente a partir do segundo trimestre da gestação. Acontece quando a taxa de glicose fica elevada durante a gravidez. Este pode persistir ou não após o parto. É normalmente diagnosticado durante o exame de rotina do pré-natal, como a glicemia de jejum e a glicemia pós-prandial.

Idade avançada, obesidade ou ganho excessivo de peso na gravidez atual, deposição central excessiva de gordura corporal (gordura abdominal), histórico familiar de diabetes em parentes de 1º grau, baixa estatura, hipertensão são alguns dos fatores de risco para o problema.

O diabetes gestacional acontece porque alguns hormônios produzidos durante a gestação fazem com que o organismo fique mais resistente à insulina, que é importante para uma gravidez saudável. Nas gestantes com diabetes gestacional o pâncreas não produz a insulina extra necessária e assim, a glicose não é processada corretamente pelo organismo.

Dentre os sintomas do diabetes gestacional estão: cansaço, náuseas e vômitos, visão turva, aumento da sede, fraqueza, perda de peso e vontade frequente de urinar.

A boa notícia é que o diabetes pode ser controlado com exames médios regulares e dieta equilibrada, personalizada. Para evitar complicações, faça um controle da glicose e exames de pré-natal. Já para evitar o desenvolvimento do Diabetes Mellitus tipo 2, após o parto, faça exercícios regularmente e uma dieta equilibrada.

Algumas orientações para gestantes com diabetes gestacional:
  • Evite o consumo de açúcar, mel, doces, rapadura, bebidas alcoólicas, refrigerantes, produtos diets e lights, chocolate, chicletes, balas;
  • Evite ingerir alimentos gordurosos;
  • Consuma sucos naturais, frutas e água de coco, na quantidade indicada pelo nutricionista;
  • Evite bolos, biscoitos, tortas;
  • Aumente o consumo de verduras e legumes, de preferência cozidos no vapor ou cruas (se bem higienizadas e em casa);
  • Aumente a ingestão de água por dia;
  • Mastigue bem e devagar;
  • Evite a ingestão de líquidos durante as grandes refeições (almoço e jantar);
  • Melhore o consumo de alimentos integrais e fibras;
  • Controle o ganho de peso mensal;
  • Faça a atividade física indicada pelo seu médico.

A Nutrício possui programas nutricionais específicos para a gestantes. Trabalhamos também com o planejamento de refeições e criação de cardápios familiares (serviço de Personal Health disponível para todo o Brasil). Encontre o nutricionista mais próximo de você pesquisando em nossa Rede Credenciada de Nutricionistas.

Elaborado por: Emanuelle Vieira - nutricionista em Ouro Branco, MG