A Relação da Nutrição com o Câncer de Esôfago

O câncer de esôfago é uma neoplasia que pode acometer homens e mulheres, especialmente depois dos cinqüenta anos de idade e que tem na alimentação um dos fatores de predisposição.

Pode estar associado ao uso de álcool e fumo e ainda ao consumo de bebidas muito quentes, carnes salgadas, embutidos, defumados e a vegetais em conserva (compostos nitrosos). As deficiências nutricionais associadas ao álcool podem contribuir para o processo carcinogênese. A pimenta é considerada um agente que pode levar a irritação da mucosa do esôfago.

Os portadores do transtorno costumam ter episódios de disfagia, situação que pode ser ameninada com cuidado adequado. Também é comum o quadro de desnutrição nesses indivíduos. Os cuidados paliativos incluem colocação cirúrgica de gastrostomia ou jejunostomia para hidratação e alimentação. . Vários protocolos incluem a cirurgia, quimioterapia, radioterapia, como alternativas ao tratamento.

A Nutrício possui programas nutricionais específicos para controle da artrite reumatóide. Trabalhamos também com o planejamento de refeições e criação de cardápios familiares (serviço de Personal Health disponível para todo o Brasil).

Encontre o nutricionista mais próximo de você pesquisando em nossa Rede Credenciada de Nutricionistas.


Por: Mônica Andrade - Estagiária de Nutrição e Mariana Braga Neves - Nutricionista da Nutrício